20170404072003

Entre os dias 15 e 17/03, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) sediou a 1ª reunião do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad), que contou, mais uma vez, com a apresentação e divulgação da Plataforma Aberta para Gestão e Acompanhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional – ForPDI. Este é um projeto originalmente idealizado pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), na pessoa do Prof. Paulo Bermejo, em parceria com a UNIFAL-MG, sob a coordenação do pró-reitor de Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento Institucional, Prof. Tomás Dias Sant’ Ana, que é coordenador nacional do Forplad.

Para a apresentação da plataforma do ForPDI, estiveram presentes os integrantes do projeto: Caetano Carlos Bonchristiani (UNILA), Guilherme Henrique Alves Borges (UFLA), Lucas Cezar Mendonça (UNIFAL) e Paulo Henrique de Sousa Bermejo (UnB). Vale lembrar que a proposta é implantar um software de informatização do PDI na UNIFAL-MG, que posteriormente, poderá ser disponibilizado para as demais universidades federais por meio do Software Público Brasileiro, visando à economicidade na administração pública.

Na pauta da primeira reunião do Forplad de 2017 também foi destaque o impacto de cortes orçamentários, tema explanado pelo coordenador-geral de Finanças do Ministério da Educação, Waslei José da Silva e pelo coordenador-geral de Orçamento do MEC, Adauto de Matos. Na oportunidade, ambos apresentaram um cenário com perspectivas de contingenciamento do repasse dos recursos para as universidades e se dispuseram a buscar, junto aos gestores, soluções para enfrentar a situação. O limite desses repasses foi subtraído 20% em relação aos empenhos realizados em 2016. E ainda será abatido do valor que cabe a cada instituição federal de ensino o montante que ela conseguir mediante convênios e contratos, as suas fontes próprias.

“Nesse momento de aperto, precisamos reforçar nossas parcerias com o MEC que, para se sair bem, precisa viabilizar para que as universidades também estejam bem”, declarou, ao encerrar o evento, o coordenador nacional do Forplad, Tomás Dias Sant’Ana.